palpe-conteudoBlefaroplastia

No processo de envelhecimento da face, as pálpebras também acompanham. A pele fica flácida e com excedentes, aparecem então às bolsas de gordura palpebrais e os pés de galinha, deixando o aspecto de “cansaço” permanente.

Além do aspecto estético, característico do envelhecimento, as pálpebras ficam flácidas e diminuem a função de abertura ocular, diminuindo o campo de visão.

Tudo isso pode ser corrigido com a cirurgia plástica palpebral (blefaroplastia), que é delicado e exige experiência. Pois pode causar deformidades como esclera (branco) aparente e olhar de “peixe morto”, causados pelo tratamento cirúrgico inadequado.

blefaroplastiaA Blefaroplastia das pálpebras superiores e inferiores tem o objetivo de harmonizar a face, rejuvelhecendo o olhar. Várias áreas médicas tem realizado este procedimento, mas é importante lembrar que as pálpebras fazem parte da face e sendo necessário avaliar todo conjunto para proporcionar o melhor resultado estético. E o cirurgião plástico é o profissional com maior experiência e capaz de resolver todas as alterações necessárias.

A recuperação é muito rápida, apresentando um inchaço e arroxeamento em volta dos olhos que regridem diariamente, desaparecendo por volta de 10-14 dias. Persiste então um edema menor que regride de 1 à 3 meses. A cicatriz fica avermelhada no primeiro mês e melhora após esse período progressivamente, devendo obrigatoriamente evitar sol (usar sempre óculos e protetor solar) no período mínimo de 3 meses. A cicatriz da plástica das plápebras são as melhores cicatrizes do corpo, permanecendo quase imperceptíveis.



Veja como funciona o procedimento

Compartilhar:

FacebookTwitter